Close

3 ATITUDES ESSENCIAIS PARA MELHORAR O REVPAR DE SEU HOTEL

O setor de turismo e hotelaria é um dos maiores em todo o mundo. Estalagens e pousadas recebem centenas de turistas todos os anos, oferecendo um lugar bem perto de qualquer atração. Porém, muitos donos de hotel ainda têm suas dificuldades para avaliar a eficiência de seus negócios. Por isso, no post de hoje, vamos falar sobre o RevPAR, um dos indicadores mais importantes do setor hoteleiro.

Abreviação de Revenue per Avaliable Room (receita por quarto disponível), é um número que indica o rendimento do hotel de acordo com o número de quartos que ele possui. Não são levados em conta apenas os quartos já ocupados, mas sim todos os quartos do hotel.

Para entender como esse indicador funciona, continue a leitura!

Como analisar este indicador

O cálculo do RevPAR ajuda a determinar se o local está com um rendimento bom diante de suas proporções. Para calcular este indicador de acordo com um determinado período, é necessário somar toda a receita desse intervalo de tempo e dividir pelo número total de quartos. Claramente, quanto menos apartamentos vendidos neste período e quanto menores forem os valores das diárias, menores serão estes índices. Diretamente proporcional, a recíproca é verdadeira: quanto mais apartamentos ocupados mais vezes no período, e mais elevadas as tarifas, melhores sairão os resultados deste indicador.

Esse índice pode, então, ser comparado ao ADR, abreviação de Average Daily Rate (média de taxa diária), que indica o rendimento médio de todos os quartos em aluguel no momento. O segundo indicador é calculado dividindo este mesmo rendimento pelo número de apartamentos ocupados, sem considerar os que não estão alugados.

Colocando os dois indicadores lado a lado, é possível verificar se o total de rendimento do hotel está de acordo com seu porte. Matematicamente falando, o objetivo é que o ADR esteja o mais próximo do RevPAR possível, já que isso indica que a maior parte dos quartos está em uso.

Atitudes para melhorar o seu RevPAR

1. Melhore a estrutura e a aparência do local

Um hotel com estrutura precária dificilmente atrairá um número relevante de clientes. Isso quase sempre prejudica a avaliação em sites de reserva, reduzindo o seu RevPAR ao longo do tempo.

Começar com uma reforma, uma pintura e melhorias na fachada já é uma boa maneira de atrair novos clientes e manter a maior parte dos quartos sempre ocupada. Contrate um serviço de arquitetura e crie uma imagem única para o seu estabelecimento.

2. Ofereça uma experiência única

Quem busca um hotel pode precisar apenas de um lugar para passar a noite enquanto vai a algum evento, mas muitos ainda esperam algo a mais do local. Um serviço especial, uma indicação ou alguma forma de temática: tudo é válido para atrair mais clientes e ocupar mais quartos.

Se o seu RevPAR estiver muito baixo, mas você souber que tem um público bem específico, pense em algo que possa atrair mais este grupo. Eles gostam de esportes radicais? Busque uma parceria com programas de aventura e crie pacotes. Preferem turismo gastronômico? Faça contato com um restaurante local e peça que façam degustações regularmente no seu espaço.

3. Treine os funcionários para realizar o melhor atendimento

Um atendimento bem-feito é um dos principais fatores para melhorar o rendimento de qualquer negócio, mas é especialmente importante no caso dos hotéis. O melhor atendimento aumenta o sentimento de hospitalidade, o que leva os clientes a voltarem com mais frequência. Eles precisam se sentir em casa, mesmo que estejam indo a um lugar muito diferente.

Agora que você reviu como o RevPAR se relaciona diretamente com as ações de gestão, é hora de aplicá-lo ao seu negócio. Se quiser receber outras dicas interessantes sobre o assunto, acompanhe-nos no FacebookTwitterInstagram e Google+ e fique sempre por dentro de nossas novidades.